Cachoeira da Fumacinha

Chegar à Fumacinha, considerada uma das mais belas quedas da região, exige preparo físico.

Chegar à Fumacinha, considerada uma das mais belas quedas da região, exige preparo físico. São quatro horas de caminhada pesada, atravessando cânions, lagos e cachoeiras. Os que completam o percurso são premiados com o visual estonteante da cachoeira de cem metros de altura.

O percurso pode ser feito por baixo ou por cima da cachoeira. Sendo que por baixo, a saída é a partir de Ibicoara, e por cima, a partir de Mucugê. Indo por cima, a vista da cachoeira é diferenciada, e ela pode ser acessada descendo uma fenda para ver a cachoeira por baixo. É uma belíssima experiência!

A trilha por cima pode ser feita também de mountain bike. Porém, há trechos em que é preciso carregar a bike nos ombros, na subida e na descida da montanha. Então, este é um roteiro indicado para quem gosta de aventura com uma dose de sofrimento.

Seja de bike ou caminhada, é importante ir preparado e com os equipamentos adequados, comida e água para se abastecer, pois o percurso é longo e exige muito da resistência física.

FUMACINHA POR CIMA
  • Grau de Dificuldade

    Difícil.

  • Distância de carro

    40 km de asfalto + 15 km de terra (de Mucugê a Campo Alegre).

  • Distância a pé

    16 km.

  • Informações importantes

    Perigoso em períodos de muita chuva. Risco de tromba d’água.
    Já em períodos de seca, a cachoeira fica sem água.
    É preciso cuidado redobrado ao descer a fenda. Recomendamos ir com guia.

FUMACINHA POR BAIXO
  • Grau de Dificuldade

    Difícil.

  • Distância de carro

    80 km de asfalto + 30 km de terra (de Mucugê a Ibicoara).

  • Distância a pé

    9 km.

  • Informações importantes

    Perigoso em períodos de muita chuva. Risco de tromba d’água.
    Já em períodos de seca, a cachoeira fica sem água.
    Sugerimos utilizar um carro mais alto, pois a estrada de terra é bastante irregular.