Igatu

Uma bela cidade de pedra, conhecida como a "Machu Picchu Baiana".

O conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico de Igatu – distrito do município de Andaraí – foi tombado pelo Iphan, em 2000. A cidade também é conhecida como Xique-Xique do Igatu e Cidade de Pedras.

Igatu é considerada um museu vivo da história da mineração de diamante no Brasil e, na Galeria Arte e Memória (um museu a céu aberto) estão utensílios utilizados pelos garimpeiros e escravos. A pequena vila viveu o apogeu e a decadência do garimpo, deixando os sinais de sua história estampados na arquitetura e no estilo de vida dos moradores atuais.

Encravada entre afloramentos rochosos, ruínas históricas, rios e cachoeiras, Igatu possui um casario histórico do século XIX, construído com pedras e resquício da época da mineração do diamante na região. Por esta sua característica, o distrito é conhecido como a “Machu Picchu Baiana”, em uma referência à histórica cidade peruana de pedra.

No passado – próspera e populosa – chegou a ter mais de dez mil habitantes. No entanto, com o declínio da atividade diamantífera na região, entrou em decadência e a maioria da população deixou o lugar em busca de melhores condições de vida. A vila ficou vazia, com casas e comércios abandonados. Apesar das dificuldades, algumas pessoas resistiram e permaneceram no lugar. Progressivamente, Igatu voltou a se desenvolver e se destacar na Chapada Diamantina.

Atualmente, atrai visitantes de todo o mundo e o turismo é sua principal atividade econômica. Abriga cerca de 380 habitantes, em sua maioria filhos do garimpo de diamantes. A vila é um local propício ao turismo histórico-cultural, além do turismo de natureza e de aventura, e também é conhecida por ser a terra natal do escritor Herberto Sales que imortalizou o coronel Aureliano Gondim em seu romance Cascalho. Como ocorreu em todo o Nordeste, o coronelismo influenciou a vida e os costumes da sociedade do município.

Fonte: IPHAN
  • Tempo de Passeio

    Meio dia ou o dia todo.

  • Distância de Carro

    24km de Mucugê.

  • Sugestões de Passeios

    Gruna do Verruga, Galeria Arte e Memória, ruínas, city tour, Cachoeira dos Pombos e Poço Madalena.

  • Vá de Bike

    Ama pedalar? Vá para Igatu a partir de Mucugê de bike!

Translate »